Tratamento para esquizofrenia: qual o melhor?

O tratamento para esquizofrenia é indispensável para quem sofre desse problema, aliviando os seus efeitos e possibilitando uma vida com mais qualidade.

No Brasil, segundo a OMS, Organização Mundial de Saúde, essa doença é uma das maiores responsáveis pela perda de qualidade de vida daqueles que sofrem com a condição.

Ela, normalmente, ocorre entre os 15 e 44 anos e atinge 21 milhões de pessoas em todo o mundo.

Além dessa questão por si só, outro problema enfrentado pelos doentes e seus familiares está no preconceito e visão distorcida que a sociedade comumente tem com aqueles que vivem esta realidade.

Neste post, apresentaremos o tratamento para esquizofrenia, qual a melhor opção e o que fazer para possibilitar qualidade de vida ao seu portador e aqueles que convivem ao seu lado. Continue lendo e saiba mais sobre o assunto!

Como funciona o tratamento para esquizofrenia?

O tratamento para esquizofrenia deve ser iniciado tão logo a doença seja diagnosticada. Portanto, é fundamental que uma avaliação seja realizada assim que alguns sintomas sejam percebidos. São eles:

  • delírios,
  • sensação de estar sendo perseguido,
  • alucinações,
  • isolamento social,
  • oscilação no humor,
  • distanciamento afetivo,
  • falhas de atenção e memória,
  • distúrbios no sono,
  • agitação e agressividade.

Os primeiros cinco anos da doença são considerados críticos, pois é nesse período que se percebe a gravidade da situação e consegue-se, através de tratamento adequado, minimizar o problema.

Esse primeiro momento terá grande influência nos prognósticos da doença por toda a vida do paciente, por isso quanto mais cedo o início das ações terapêuticas, melhores os resultados.

O melhor tratamento para esquizofrenia envolve algumas ações que farão toda a diferença para quem recebe e seus familiares. São elas:

Medicação

O tratamento inicia-se através de medicação apropriada, como o uso de antipsicóticos, que possuem efeitos neuroprotetores e evitam a progressão em sua primeira fase.

Essa aplicação tem efeito quando utilizada por um longo prazo, ou seja, terá que fazer parte do dia a dia do paciente. No entanto, as dosagens poderão ser modificadas à medida da progressão ou regressão da doença.

Psicoterapia e terapia ocupacional

Outro grande aliado no tratamento para esquizofrenia está na psicoterapia e nas terapias ocupacionais.

Essas práticas possibilitam a reinserção da pessoa na sociedade, quando algumas terapias complementares podem ser recomendadas, além de mudanças de hábitos que fazem toda a diferença conforme as características de cada pessoa.

Acompanhamento por toda a vida

A esquizofrenia não tem cura, então o paciente precisará fazer o acompanhamento médico e avaliações frequentes.

Muitos acabam abandonando os medicamentos e as atividades psicoterapêuticas quando os sintomas diminuem ou desaparecem por alguns períodos, causando recaídas e crises psicóticas, que poderiam ser evitadas.

É importante destacar que muitas pessoas, portadoras da doença, conseguem desenvolver suas vidas produtivamente quando realizam os tratamentos da maneira correta, podendo:

  • trabalhar, 
  • estudar, 
  • participar do meio social com tranquilidade.

Internação

Em muitos casos o doente precisará ser internado para conseguir tratar do problema da forma adequada.

A internação é importante e ajudará muito, especialmente nos momentos de crises, recaídas ou complicações, quando ele poderá:

  • não permitir ajuda dos familiares nos tratamentos realizados em casa,
  • manifestar outros transtornos mentais,
  • apresentar sinais de agressividade,
  • tentar o suicídio.

Através da internação, o paciente poderá contar com a ajuda de profissionais capacitados, que poderão ajudá-lo a se recuperar, diminuindo os problemas e possibilitar o retorno a uma vida mais confortável e feliz.

Agora que você já sabe qual a melhor maneira de realizar o tratamento para esquizofrenia, acesse nosso site e conheça nossa estrutura para auxiliar aqueles que sofrem com esse problema!

Você vai gostar de ler:

A esquizofrenia é uma doença crônica que sofre grande estigma, embora já venha sendo estudada há muitos anos. Atualmente, segundo dados da …

Todos os cuidados precisam ser tomados com as pessoas que sofrem crises de esquizofrenia. Essa doença, que necessita de tratamento por toda …

Sed et tincidunt eros. Suspendisse ut finibus nibh, eu pharetra purus. Pellentesque sit amet vulputate mi. Maecenas tincidunt aliquam mauris. Etiam et …

Open chat